sexta-feira, 1 de julho de 2011

Rajahmundry

Flores bonitinhas na entrada do hotel
O treinamento aqui em Rajahmundry não é tão intensivo quanto o que tive em Abu Dhabi, logo temos algum tempo de folga. Todos os dias jantamos em um restaurante e ficamos jogando conversa fora (quando deveríamos estar estudando). Fomos jogar badminton com o pessoal do escritório (divertido jogar peteca com raquete) e tivemos algum tempo para estudar para a prova do último dia.
Naan com iscas de peixe e camarão
Em um desses dias comi a comida mais apimentada da minha vida, meus olhos ficaram lacrimejando, nariz escorrendo, fiquei tossindo e a garganta queimando. Bebi um litro de água pra tentar aliviar, mas não dava certo. A única coisa que aliviou no final foi a sobremesa, que por acaso era muito gostosa. Tirando esse dia específico, a comida aqui no sul é melhor que lá no norte. Aqui comemos peixe ou camarão todos os dias.


5 comentários:

  1. Aposto que também ninguém nunca tinha ouvido dos seus 'Suvaquinhos de Cobra', apesar da maioria deles ter mais de um milhão de habitantes =P

    te cuida,

    ResponderExcluir
  2. rsrs nem tinha pensado nisso!
    depois do desafio "quem vai mais longe?" (arábia, india), agora é quem vai para o "lugar mais desconhecido?" (Arnhem, rajahmundry)

    ResponderExcluir
  3. Ana,
    quando você come alguma coisa muito apimentada não adianta beber água. O ideal é comer pão, porque ele neutraliza a pimenta.
    Beijos,
    Miriam

    ResponderExcluir
  4. hehe obrigada! aprendi isso na marra! sempre peço um monte de pães, acho que é por isso que eu gosto tanto dos pães daqui. E doce também ajuda!

    ResponderExcluir
  5. Aposto que minha mãe ía adorar essa comida que te fez chorar. rsrs

    ResponderExcluir

Fala comigo!!!