sábado, 28 de janeiro de 2012

Mudança de planos

Estava no meio do deserto trabalhando tranquilamente, quando recebo uma ligação do meu chefe dizendo que o meu visto expirou há uma semana e que eu tinha 24 horas para deixar o país senão eu ia presa.
Pois é, estou chocada até agora.

Um engenheiro foi enviado para me substituir em meia hora, um motorista me pegou lá no meio do deserto e me levou até Doha. Fui até o escritório da empresa, tive uma conversa com o meu chefe, me despedi de quem eu pude por lá, chorei um pouco e fui jantar com meus amigos que estavam na cidade.

Tive um pouco de azar, pois exatamente nesse dia quase todos estavam fora da cidade. Não pude me despedir de quase ninguém. Apenas do Norman, Tyler e Lin. Depois do jantar tive umas 2 horas pra arrumar a mala e ir até o aeroporto.
No aeroporto me encontrei com um funcionário da empresa, que pagou uma multa por eu estar além do prazo permitido e providenciou um visto de saída. Fui literalmente deportada. Peguei o avião ainda chocada com o que aconteceu, e agora estou no Brasil de férias esperando por um novo lugar para trabalhar...

Uma pequena conversa com um desses caras que fazem pesquisas no aeroporto de São Paulo:
-Você é brasileira?
-Sim.
-Mora em que País?
-Não sei.
Aí ele desistiu de me entrevistar...

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Um ano fora do Brasil

Hoje faz um ano que estou trabalhando fora do Brasil. Na prática, eu saí do Brasil no dia 20, mas oficialmente só comecei a trabalhar no dia 23.
E pra falar a verdade, trabalhar, trabalhar mesmo só nesses últimos 3 meses. Os primeiros 9 meses foram treinamento, diversão, férias, trainee, diversão, férias prolongadas...

Chá Marroquino
Mas aqui todos estão falando que não vão comemorar meu primeiro ano de empresa, mas sim o dia em que sair o meu visto de residência no Qatar! Já que ninguém teve uma novela tão grande como a minha para tirar o visto. Todos presenciaram o meu drama de perder o natal, o ano novo, de ser impedida de entrar em lugares, etc... Mas agora estou otimista.

Essa foto foi de um chá marroquino que tomei no Souq (o meu mercado favorito) com o Alok (indiano), Casey e Tyler (americanos). O chá tem toques de jasmin e hortelã e é muito gostoso. É docinho, relaxante e cai muito bem antes de dormir. Agora sempre vamos voltar nesse lugar para tomar o chá.

Uma amiga minha, a Preeti (indiana) voltou de férias e essa semana já nos divertimos muito no trabalho. Ela é uma pessoa super bem humorada, esforçada e bem disposta o tempo todo. Todos na base gostam muito dela e de manhã ela é a única pessoa de bom humor (pra aqueles que me conhecem, sabem como sou de manhã).

sábado, 14 de janeiro de 2012

Quase um ano fora


Essa semana não tenho muitas novidades, já que passei o tempo todo trabalhando sem parar. Até as fotos que estou colocando aqui são sem graça, pois só tirei fotos relacionadas ao trabalho:

Dormindo no container

Tirei uma foto da minha acomodação, da pra ver algumas camas dentro de um container com ar condicionado! Muito mais confortável que na Índia, onde não havia nada... Nem banheiro pra fazer xixi!








No meio do deserto de novo
Uma foto das areias do deserto e da praia, uma pena que não posso aproveitar as belezas naturais daqui. Mas pelo menos podemos observar o nascer ou por do sol maravilhosos.








Um poço de petróleo
Uma foto de um poço de petróleo abandonado no meio da praia de Dukhan. Toda essa cidade foi construida em cima de um grande campo de petroleo. Por todos os cantos existem placas "proibido tirar fotos", ao lado de poços produzindo ou abandonados.






Education City
A última foto é de uma construção muito interessante que parece uma árvore, que tirei quando estava voltando pra casa depois de 5 dias no campo.
No dia 22 de janeiro terei mais uma etapa para a emissão do meu visto.

E no dia 23 de janeiro completo 1 ano morando fora do país. Espero que o visto fique pronto no mês que vem, aí posso pensar em pedir umas férias para voltar para o Brasil... 





quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

سوق واقف


سوق واقف (Souq Waqif)
Essa é uma foto do Souq Waqif , um dos meus lugares favoritos aqui. Parece que voltamos no tempo, entramos em um filme do Aladin ou no jogo do príncipe da pérsia!
Fomos jantar em um restaurante do Yemen nesse souq e me diverti muito! Primeiro para chegar ao restaurante temos que passar por ruelas super interessantes e não é fácil chegar sem estar com alguém que já conheça o caminho. Depois subimos para um segundo andar, onde existem muitas mini salinhas com almofadas no chão. Escolhemos uma aconchegante para 5 pessoas e nos sentamos no chão. Estava com meus amigos da Malásia (Albert), Indonésia (Norman), Arábia Saudita (Armad) e Índia (Alok).
Restaurante do Yemen
Nem precisamos do cardápio, meus amigos já sabiam o que pedir. Não sei se a foto está muito clara, pois meu celular não tem mais flash...
Pedimos uma grande bandeja com arroz e cordeiro, umas sopinhas e umas pastinhas para comer com o pão árabe.
No Brasil não temos o hábito de comer muito cordeiro, mas aqui é tão comum quando carne de boi. E esse estava especialmente muito saboroso. O diferente é que tivemos que comer com as mãos! Quem já conseguiu comer arroz com as mãos e não fazer uma sujeira enorme ao redor? Pelo menos me diverti bastante. E me falaram que eu me saí muito bem comendo com as mãos.
Soube que vai abrir um restaurante brasileiro aqui em Doha. Mal posso esperar para levar os meus amigos para conhecer. Quero ver quem vai conseguir me acompanhar no churrasco!




segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Ano novo trabalhando

Bom, depois de um natal longe da família, o que poderia ser mais legal que um ano novo trabalhando?
Aproveitei bastante uma promoção da operadora do meu celular, no dia 31 de dezembro e primeiro de janeiro, todas as ligações internacionais eram 55 centavos de qatari ryals. Isso é equivalente a uns 25 centavos por minuto, o que é muito bom pra quem está no meio do deserto! Liguei pra todas as pessoas que tinha o telefone de cabeça (na minha virada do ano, umas 5 horas antes do ano novo no Brasil).