quarta-feira, 27 de abril de 2011

Restaurante Brasileiro

Eu e mais 2 brasileiros resolvemos ir jantar em um restaurante brasileiro em Abu Dhabi no nosso dia de folga. Convidamos alguns de nossos amigos, mas a maioria não quis ir porque tínham que se preparar para um trabalho depois do dia de folga e porque era caro.
O restaurante tinha realmente comida brasileira: feijoada, pão de queijo, banana frita, picanha! Tinha até caipirinha liberada!
Foi realmente muito bom comer uma comidinha brasileira depois de 4 meses. Mas o mais engraçado é que a música ambiente era salsa e merengue, um ritmo tipicamente brasileiro! hehe
Um dos meus amigos conhecia uma garçonete do restaurante e ela nos apresentou para o chef que também era brasileiro. Eu perguntei quando eles iam tocar samba, então ela disse que no mês seguinte terá uma apresentação de umas mulatas e vai chamar a gente.
Essa semana foi mais uma semana cansativa de trabalho, mas eu nem percebi que o tempo está voando de novo. Quando eu trabalho nesses turnos malucos de 18 ou 20h nem percebo que os dias se passaram. Quando eu olho o calendário sempre me surpreendo. Agora faltam menos de um mês para minhas férias de 2 semanas.
Nada a ver com os assuntos anteriores, mas eu encontrei essa foto quando copiei as fotos de alguém da minha sala e ri muito. Essa foto foi tirada no Ferrari World, na entrada de um simulador de fórmula 1. Essas vacas apareciam no meio da pista por 2 segundos no máximo, mas achei muito engraçado elas terem esse destaque na entrada do simulador.

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Dubai

Saimos de Abu Dhabi às 18h e chegamos em Dubai umas nove horas depois de nos perdemos algumas vezes antes de chegar no hotel. Na verdade não era um hotel, mas um apart-hotel e ficamos divididos em quatro apartamentos de três quartos. Eramos dezesseis no total, algumas pessoas dividiram quarto, como eu e a outra brasileira. Depois de fazer o check in fomos jantar numa pizzaria do bairro. Em seguida fomos até o Sheraton para cerveja e sheesha. Todos estávamos exaustos (novidade) e acabamos voltando cedo para o hotel.

O dia seguinte foi de passeios turísticos, prédio mais alto do mundo, hotel sete estrelas, aquário, show das águas, monumentos, mergulho na piscina do hotel, etc.. À noite fomos até uma boate dançar e comemorar o aniversário de um dos nossos amigos. Esperava um pouco mais da noite de Dubai, mas mesmo assim foi divertido porque o nosso grupo estava animado.

Estava combinado que sete pessoas iram voltar para Abu Dhabi pela manhã e nove na parte da tarde do dia seguinte. Mas quando eu acordei no dia seguinte, todos tinham ido embora e apenas quatro estavam no hotel!!! Fiquei um pouco triste com a falta de unidade do grupo, já que ninguém deixou um bilhete nem telefonema, nem notícia da mudança de planos. Se a gente soubesse que todos iam voltar pela manhã, teríamos voltado juntos. Quando eu liguei para saber onde estava uma das meninas do meu apartamento, descobri que quase todos tinham voltado, inclusive ela.

Deixando essa decepção de lado, encontrei com os outros três meninos (dois franceses e um holandês) que também foram deixados pra trás e resolvemos passear mais por Dubai. Ligamos para o Mohammad (o que se demitiu na semana passada e estava em Dubai) e fomos passear de carro com ele pela cidade. Também encontramos com dois amigos de um dos franceses. Fomos tomar um brunch (meio café da manhã meio almoço) maravilhoso em um dos hotéis da cidade. Comemos até carne de porco (proibida para os muçulmanos)!! Depois fomos até a praia e paramos em vários hotéis para tomar cerveja e petiscos. Por incrível que pareça em alguns momentos choveu aqui no deserto!

Depois de um dia muito tranquilo, voltamos para Abu Dhabi  para terminar um projeto para o dia seguinte.  

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Preparativos para Dubai

Depois de muitos e muitos dias cansativos, vamos todos para Dubai passar dois dias de folga (parece até final de semana!). Já fiz a minha mochila e estou terminando um relatório que tenho que entregar amanhã.
O ônibus sai daqui a pouco e vamos todos ficar em um hotel por duas noites. Vou dividir o quarto com as outras meninas! 
Descobri que todas as despesas serão por nossa conta apesar dessa viagem ser obrigatória. E hotel é um pouco mais caro do que os hotéis que eu costumo ficar. Vou ter que aproveitar em dobro. Ainda não temos nenhum plano sobre o que iremos fazer na cidade, mas qualquer sugestão é bem-vinda. Imagino que vamos parecer um bando de adolescentes numa viagem de formatura, querendo loucamente aproveitar cada minuto. Pois depois que a gente voltar as coisas vão ficar mais difíceis.
Apenas 40 dias até o final do curso. Hoje recebi um feedback da empresa e não foi muito bem o que eu esperava. Meu desempenho não tem melhorado e eles esperavam mais de mim. Espero recuperar as energias e melhorar na segunda parte do curso. Eles me escolheram para ser líder da minha equipe, logo terei mais responsabilidades ainda. Estou feliz, porque recebi o primeiro elogio sobre o meu trabalho depois de 3 meses, de um engenheiro da minha base.

domingo, 10 de abril de 2011

Maratonas

Essa semana foi uma das semanas mais difíceis pra mim. Primeiro dois dos meus melhores amigos desistiram do trabalho. Um deles desistiu semana passada e o outro ontem durante um trabalho de campo. 

Quando o segundo desistiu, depois de 12 horas de trabalho pesado juntos (chorei um pouco), tirei meu uniforme e fui jantar. Mas 20 minutos depois eu recebo uma ligação para voltar ao trabalho, já que toda a escala de trabalho foi modificada para substituir o engenheiro que estava faltando. Então volto a trabalhar por mais 14 horas. Fiquei muito brava com a mudança de escala, já que outras pessoas (que dormiram) poderiam ser chamadas para trabalhar no meu lugar. Reclamei e levei um esporro. 
Depois desse segundo trabalho exaustivo, dormi 5 horas e voltei para mais 20 horas. Desta vez, o trabalho era menos pesado fisicamente, mas era difícil se concentrar em tudo, parecia que a minha cabeça estava mais devagar.
Depois dessa maratona, entreguei meus relatórios e encontrei com os meus amigos para jantar. (Acho que esqueci de comer em alguns momentos desses dois dias, não lembro de almoçar). Eu realmente não sabia que era noite. Fiquei muito confusa quando descobri que eram 6 da tarde e não 6 da manhã e quando descobri que era dia 9 e não dia 8. Todos riram de mim!
Depois do jantar fomos jogar ddr no quarto do brasileiro, me diverti tanto que esqueci que já estava há mais de 25 horas sem dormir!
E fui dormir sem preocupações, já que o meu próximo turno será em um dia. Posso descansar bastante...

Temos uma prova em 3 dias e um grande projeto para entregar. Mas depois teremos 2 dias de folga! Todos os meus amigos estão combinando de ir para Dubai. Meus primeiros dois dias de folga seguidos em 3 meses, desde que eu saí do Brasil. Estou contando os minutos.

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Aventuras no dia de folga

Acordamos tarde e resolvemos almoçar fora do alojamento. Reunimos umas 5 pessoas e fomos até um restaurante perto da Marina. Comemos um pouco de comida árabe, mas também hamburger e batata frita pra variar. Depois decidimos ir para a praia ou andar de jet ski. Encontramos com mais 3 outros amigos no shopping e pedimos informação sobre o aluguel de jet ski. Descobrimos que ficava perto de um mercado de peixes e pegamos um taxi até lá. 

Negociamos o preço do aluguel e alugamos 8 jet skis, um para cada um. Fizemos cortininha e trocamos de roupa lá mesmo, já que não tinha nenhum banheiro. Eu e a outra menina, Sarah, ficamos com os jet skis menos potentes. Eu demorei uns 30 minutos pra aprender a andar e ainda estava com medo de acelerar. Mas ficamos nos divertindo juntos durante 1 hora na bahia, jogando água uns nos outros, apostando corridas e alguns até se aventuraram no mar aberto. Muito divertido!!
Depois que acabou o tempo, eu e a Sarah encontramos um banheiro público fechado e trocamos de roupa fazendo cortininha de novo. Nosso próximo destino era a mesquita.

Chegando na mesquita, eu precisei me vestir respeitosamente e a Sarah me ajudou a colocar o véu (na foto, Sarah, Rafaelle e eu). Os meninos que estavam de bermuda também precisaram de se cobrir. Passeamos pela mesquita enquanto os nossos amigos muçulmanos faziam uma visita guiada para a gente. Fui junto com a Sarah enquanto ela ia se lavar e depois quando ela foi até a sala de oração das mulheres. Não quis ficar muito tempo pra não atrapalhar e fui para o lado de fora encontrar com os meninos. A mesquita é muito grande, muito bonita e bem recente, pois foi construída há menos de 10 anos. 

Depois da mesquita fomos jantar fora e fazer compras no carrefour. Perdemos a hora, os taxi atrasaram, um dos taxis se perdeu, acabamos chegando na acomodação por volta das duas horas da manhã e o meu cartão-chave do quarto parou de funcionar! Tive que ir até a recepção fazer um novo. E no dia seguinte todos tínhamos que acordar as sete da manhã, zumbis novamente.

Churrasquinho

Essa semana levamos uma bronca porque a gente não trabalhou em grupo. Acho que não é verdade, o argumento do instrutor é que a gente tem que ser um grupo unido, nunca fazer coisas separadas e ficar juntos até o final. Ele quer ver os mais fortes ajudando os mais fracos, e não um grupo de melhores e um grupo de piores. Eu acho que já fazemos isso. Pra gente nunca importou quem seria o melhor, mas que tudo estivesse dando certo para todos e ninguém mais fosse embora (que não está dando certo, já que mais um vai embora na semana que vem). E eu percebo isso no nosso grupo, estamos sempre ajudando uns aos outros.

Tivemos um "churrasquinho" aqui no alojamento (churrasquinho porque as opções de carnes era diferente das nossas e não pelo tamanho do churrasco, que era pra muita gente). O setor de recursos humanos da empresa está realizando um congresso aqui no centro de treinamento, e ofereceu esse churrasco para todos. O churrasco aconteceu no jardim e podíamos sentar em esteiras na grama. O pessoal do RH ficava passando de grupo em grupo e puxando assunto com o pessoal. De vez em quando sentava uma pessoa aleatória na grama com a gente, se apresentava e perguntava alguma coisa para todos nós. O legal é que cada pessoa que sentava era de um departamento diferente, de um país diferente, com background diferente. Foi divertido. A nossa turma é pioneira em um tipo novo de treinamento e todos estavam muito interessados na gente. 

Depois do churrasco, fomos até um hotel tomar uma cervejinha (já que no churrasco tinha somente refrigerante). Aqui só alguns lugares tem licença para vender bebida alcoólica. Uma amiga nossa que é muçulmana foi com a gente, mas como ela não pode sentar à mesa com pessoas bebendo sentei com ela em uma mesa separada e ficava revezando com uns amigos para não deixar ela sozinha. Voltamos cedo porque éramos 9 zumbis que não dormiam a 2 dias.