quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

O grande dia quem diria

Meu casamento não foi como eu sonhava,  até porque eu não sonhava em casar.
Foi melhor e diferente em vários sentidos. Uma experiência de outro mundo e muito aprendizado também.
Nunca me imaginei usando o famoso vestido branco de noiva, mas tenho que admitir que fiquei bem bonita nele! Me entreguei à maquiagem e ao salto alto também. As tatuagens de henna pareciam luvas.
Não vou postar as fotos do casamento onde as mulheres da família do noivo aparecem sem o véu, por uma questão de respeito.
O bufê do casamento estava divino, tivemos um show de dança do ventre e no final da festa brigadeiros e docinhos feitos pela mamãe.
No dia seguinte não acreditei que a festa tinha realmente acabado. Tanto tempo planejando e a festa acaba tão rápido!
Bom, pelo menos temos as fotos e o vídeo para curtir de agora em diante.
Estou pensando em fazer uma sessão no Brasil para mostrar pra quem não pode ir.
Preparativos no Hotel
Com a mamãe e irmão
Com o noivo e mini-noivo!
Agora uma nova etapa da minha vida vai começar ao lado do meu companheiro favorito.

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Festa da Henna

Uma das tradições do casamento é a Festa da Henna, onde as mulheres da família se reúnem para pintar as mãos/pés com tatuagens temporárias de Henna para o casamento. A tradição diz que quanto mais forte for a fixação da Henna mais forte os laços entre as famílias.
Para a minha festa, precisei comprar um vestido novo, já que eu sou a noiva e não tenho nada típico. Fomos ao Souq Al-Maharraq (mercado tradicional) onde as minhas convidadas compraram suas túnicas ou vestidos para a festa da henna e um dos meninos também comprou uma túnica para o casamento.
Aplicação da Henna
O meu vestido deveria ser verde, a cor mais tradicional para noivas nessa festa. O verde também foi escolhido para combinar com as túnicas e toalhas de mesa usadas pela mãe do noivo no casamento dela há mais de 30 anos.
O meu vestido precisou de pequenos ajustes para o meu tamanho e o alfaiate terminou em menos de 24 horas.


 No dia da festa, Ahmed saiu com os meninos pro autódromo de kart. Assim a casa ficou livre só para as meninas. Fomos ao salão, fizemos unhas, sobrancelhas, cabelo, a maquiagem ficou por conta da gente. Vestimos as túnicas ou vestidos e esperamos as convidadas e as artistas da Henna.
Hennas das Brasileiras

A primeira a ser tatuada foi a noiva é claro, e em seguida as convidadas interessadas. Todas as brasileiras se aventuraram, cada uma com um design original e diferente.
Cada convidada levava em média 15-20 minutos para a aplicação.
A noiva (eu) fiquei mais de 3 horas e meia sentada e com os pés levantados durante a aplicação. A Henna demora uns 40 minutos a uma hora pra secar, dependendo da área de aplicação. Depois de seca uma casquinha se descola e a cor marrom fica. A intensidade do marrom depende da pessoa e da região aplicada, regiões como palma da mão ficam mais escuras que braço por exemplo.
Design da minha mãe esquerda
No final da festa, rolou uma pista de dança com danças típicas tanto das arábias quanto do Brasil. Brasileiras deram um show de samba e frevo! Gostamos tanto da idéia que queremos fazer uma festa de Henna no Brasil!

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Brasileiros em Bahrain

Para comemorar meu casamento em Bahrain, 8 brasileiros conseguiram se aventurar para as arábias! Minha mãe, Irmão, Dindinha, Tia Enoe, Pina, Irene, Daniel e Pedro.
Chegada em Bahrain
Chegada em Bahrain













Tivemos ótimos almoços em família, comendo no chão com as mãos, passeio no deserto pra ver a árvore da vida, passeio no zoo, museu, restaurantes, compras de roupas típicas, etc.
Brasileiros?
Brasileiros em Bahrain num Restaurante Mexicano!
No Brasil fizemos um sorteio de um amigo oculto de natal a ser realizado após o casamento. Acho que foi uma boa experiência para aqueles que se aventuraram nas arábias. Pra mim foi muito bom dividir um pouco com minha família e amigos essa parte do mundo que agora faz parte de mim.
Amigo Oculto de Natal
Almoços, Chás, Sheesha sentados no chão