segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Abayat


Lesmas
Essa semana tive o tão esperado dia de folga na sexta feira! Duas amigas (uma da Rússia e outra da Nigéria) e um amigo (do Equador) foram promovidos e aproveitamos a noite de quinta feira para comemorar. Primeiro fomos em um restaurante maravilhoso no Marriot, ou melhor cinco, pois era possível comer comida do buffet de todos os restaurantes no corredor. Depois do jantar saímos para dançar numa boate chamada Pearl. 
Na sexta feira (dia de folga) acordei ao meio dia, e aproveitei para fazer coisas de casa. No final do dia não aguentava mais ficar em casa e chamei meus amigos para jantar fora. 
Carbonara (bacon de boi)
Nesse jantar, conheci uma indiana que tinha perdido o voo para a malásia e precisou ficar a noite em um hotel e uma aeromoça tailandesa estava em standby na cidade. Ficamos conversando horas e horas até de madrugada. Cheguei em casa super tarde e acordei morta no dia seguinte.
Nesse dia, tive sorte que o trabalho foi super leve e acabei saindo mais cedo. Aproveitei para ir ao shopping com minhas vizinhas, a libanesa Anna e a omani Istidjad (não sei como se fala em português uma pessoa que nasceu no Oman).
Abayat
A ideia era comprar algumas coisas que faltavam e talvez um jeans que eu estou precisando. Mas nada disso aconteceu, porque ficamos a noite inteira experimentando abayas com a Istidjad. Fomos em mais de dez abayats, lojas que vendem abayas, e todas pareciam iguais para mim. E depois descobrimos que todas eram do mesmo dono mesmo. No final descobrimos umas lojas com designs diferentes, mas os preços eram também diferenciados $$. Ela queria comprar abayas para as duas irmãs e um vestido de formatura.

Esse final de semana foi ótimo e me deu energias para começar uma semana superpesada, pois vou começar um curso noturno depois do horário do trabalho.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Dukhan

Luar no deserto
Essas semanas estive bem ocupada, muito trabalho por aqui. Tive dois trabalhos de campo e fiquei duas semanas no meio do deserto. Mas por íncrivel que pareça as condições de trabalho são muito boas por aqui. Tudo é limpinho e branquinho, muitas comidas árabes (e indianas também... rsrs) e trabalhos desafiantes. Tirando, é claro, as tempestades de areia e o frio surpreendente do deserto à noite.

Tenho aprendido muitas coisas novas o tempo todo, feito muitos novos amigos e me virado da melhor maneira possível. Tive que deixar de ser uma menina mimada, lavar e passar roupa, cozinhar e lavar louça, arrumar casa, fazer as compras (muito diferente da Índia, que podíamos ter muitos empregados). Tudo isso em poucos minutos que tenho quando estou de volta em casa. Em nos outros poucos minutos sou capaz de arrumar uma mala para passar semanas no campo. 
Praia Dukhan

No meio de um dos trabalhos, demos uma fugidinha básica enquanto esperávamos a resposta de um cliente e fomos à praia... Compramos biscoitinhos e sucos e fizemos uma maior farofada. Entrei de roupa na água! A temperatura estava ótima e me diverti muito com minha equipe de filipinos.

Vista do apartamento
Quando cheguei em Doha, depois de 36 horas de trabalho sem dormir, tive que ir para uma clínica fazer uns exames para o visto. 
Eu era um zumbi ambulante e me irritei ao ver a gigante fila para os exames! Pior que hospital público no Rio de Janeiro! Foi o primeiro dia útil depois de uma semana de feriado, mais pessoas que o normal estavam lá pra tirar o visto. 
E o pior é que ninguém falava inglês e acabei enfrentando uma fila sem necessidade por horas por falha de comunicação! E acho que mil pessoas passaram na minha frente quando tirei uma soneca sem querer na fila... 

Suco salada
Duas semanas depois, descobri que meus exames foram reprovados. Acho que foi o raio-x que não estava claro, então vou ter que voltar de novo para o pesadelo. Depois que os exames forem aprovados, tenho que registrar as minhas impressões digitais e fazer um exame para saber o tipo de sangue. E torcer para o visto sair antes das minhas férias do natal.

Restaurante italiano
Assim que meu visto sair, meu chefe deve me mandar para outro país do oriente médio para fazer um treinamento durante 2 meses. Ainda não sei qual, mas pode ser qualquer um que eu possa tirar visto na entrada sem dor de cabeça. Me senti uma nômade!

Agora estou de volta para casa e devo ficar esse final de semana por aqui em Doha. Já estava precisando de um dia de folga, pois estou há duas semanas trabalhando sem parar (tirando a pausa para a praia e uns diazinhos de bobeira no deserto).

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Trabalho e diversão


Plaquinhas pela cidade
Antes de ontem fomos caminhar no corniche, que parece um pouco com a lagoa ou a orla no Rio. Uma caminho à beira do mar com barzinhos e restaurantes. Tirei aquela foto da plaquinha, pois até na placa as pessoas usam roupas típicas!

Eu moro em um quarto pequeno de hotel, nada de mais. Tenho uma cozinha e uma salinha de estar em comum com mais 3 pessoas. Tenho que me virar pra comer e não estou acostumada a cozinhar todos os dias. Tudo o que fiz até agora foi comer em todos os restaurantes da cidade. 



Villagio

A vista do meu quarto não é tão legal assim, só dá pra ver prédios comerciais da região. Mas com um grande esforço  ao se espremer na janela é possível ver o mar no cantinho.

Mas o mais legal é que quase todas as pessoas do meu trabalho moram no mesmo hotel, então sempre acabamos nos encontrando para fazer algo juntos. Na maioria dos dias apenas vamos jantar fora, mas em dias de folga vamos para shisha lounges, pubs ou barzinhos. Minhas amigas me prometeram uma noite boa por aqui, estou apenas esperando....

Vista do meu quarto

Também fui passear em um Shopping chamado Villagio, e achei muito interessante. O teto parece céu de verdade e em alguns ambientes são simulados o dia e em outros a noite. Também existe um canal (no meio do shopping) com gôndolas iguais a de Veneza para quem quiser passear!
A única coisa que não gostei é que eles selecionam quem vai entrar no shopping, com a desculpa que é "family day". E não deixam grupos de indianos entrarem no shopping nos finais de semana e feriados.