quinta-feira, 9 de junho de 2011

De volta para as índias

Minha maratona Brasil-Índia começou...
11h (Rio-Paris) + 9h (Paris-Mumbai) + 1h (Mumbai-Baroda) = 21 horas dentro de aviões! Somando ao tempo dentro dos aeroportos são dois dias viajando. Agora estou no aeroporto de Mumbai esperando o embarque para Baroda.
Depois do embarque no rio, precisei de algumas horas para conseguir parar chorar e colocar a cabeça no lugar. Dessa vez a despedida foi mais difícil. Não sei explicar. Não sei se foi porque dessa vez estou mais acostumada com a viagem, o desconhecido é mais conhecido, a euforia de viajar o mundo é menor, não sei.
Acho que a gente nunca se acostuma com essas coisas, a despedida sempre será triste. Na verdade acho que se a gente se acostumasse seria mais triste e significaria que a gente não se importa.
Aconteceram coisas engraçadas nessa viagem. No voo Mumbai-Paris, um senhor de 78 anos que sentou ao meu lado, começou a puxar conversa do nada. Ele ficou todo feliz quando descobriu que eu era do Brasil, porque ele tinha acabado de fazer uma viagem pela américa latina com um colega dele de 80 anos. Depois ele descobriu que eu trabalhava na Índia e ficou mais feliz ainda, começou a me perguntar se eu precisava de ajuda por lá, porque o primo dele poderia me ajudar em Baroda. Mas depois de alguns vinhos ele falava para as aeromoças que eu era da Argentina e que eu estava com muita fome porque estava viajando há dias! Ele perguntava: onde está a comida dela? No final ele me entregou o cartão dele para caso eu precisasse de ajuda na Índia.
No aeroporto esperando o voo para Baroda, um senhor veio me pedir informações e ele também não aguentou e começou a fazer perguntas, de onde eu era, que idioma eu falava, quantos irmãos eu tinha e até qual o meu salário! haha! muito engraçados esses indianos, não precisam nem de intimidade para perguntar qualquer coisa!
Agora estou indo pegar o meu avião para Baroda, ainda não sei como será minha rotina por lá, mas vou tentar postar sempre que possível!

3 comentários:

  1. Oi Ana,
    estaremos aqui acompanhando e torcendo por você.
    Beijos,
    Miriam

    ResponderExcluir
  2. Eu senti a mesma coisa quando voltei pra Arabia depois do natal! Espero poder te visitar na India tambem

    Aproveita bem a vida de maraja indiana por ai que depois vc tb vai sentir saudades!!

    Fica bem,

    ResponderExcluir
  3. Linda!
    Eu te visitei no meu sonho! Hahaha
    Acordei morrendo de saudades.
    Você podia ter mais férias por ano né?

    Que pessoas engraçadas! Mas vocẽ sabe da vida deles também?
    Aproveita pra perguntar e conhecer todo mundo! rs!

    Beijão!

    ResponderExcluir

Fala comigo!!!