segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Uma viagem vapt-vupt até o Oman

Minha amiga Ellen precisava ir rapidinho até o Omã e voltar pra Bahrain pra renovar seu visto. Ela poderia ir em um voo e voltar no seguinte, sem nem mesmo sair do aeroporto.
Mas eu pensei que poderíamos aproveitar essa oportunidade e passear em Muscat juntas nesse dia.

Achamos passagem de ida-e-volta (a distância é a mesma que Rio-São Paulo), alugamos um carro econômico e preparamos um roteiro bom, bonito e barato.

Eu e Ellen no Porto
Saímos de Bahrain de manhã, deixamos o carro no aeroporto no estacionamento de longa duração, que custava 2 dinares por dia. Tomamos um café no aeroporto com um bolo caseiro (que a Ellen mesmo fez) enquanto esperávamos o avião. Esse avião que por sinal atrasou bastante e nos fez trocar de portão de embarque umas 2 vezes.

Pão Pequenino
Chegamos no Omã na hora do almoço e a sugestão foi comer peixe na Turkish House, um restaurante de frutos do mar. Esse restaurante serve um pão gigante maravilhoso com gergelim feito na hora e peixes deliciosos. Pedimos um Hammour grelhado, um peixe suculento e nobre dessa região do golfo. Comemos quase até explodir...


Hotel Shangri-la
Passeamos pelo Mutrah Souq, o mercado típico de Muscat próximo ao Porto, que pode ser comparado a uma Rua da Alfândega com uma linda decoração árabe e mercadorias típicas. 
Muito bom pra comprar souvenirs e principalmente a mirra, um dos melhores incensos do mundo (da árvore Olíbano), com preços ótimos. Sempre compro um pacotinho de presente para a minha mãe.

A próxima parada foi o Shangri-lá, um hotel cinco estrelas que fica um pouco mais afastado do centro, ao lado de lindas montanhas e também à beira do mar. Vimos o pôr do sol e sentamos em um café para tomar um chá marroquino (ou uma dose dupla de cerveja).

Hora do chá
Depois de admirar as montanhas e costa de Muscat, já não tínhamos muito tempo até a hora do voo então resolvemos fazer uma boquinha no City Centre Seeb, um shopping ao lado do aeroporto. 

Depois de devolver o carro, a viagem já estava quase no fim. 

Durante a viagem lembrei de todos os anos que eu trabalhei no Omã, muitas lembranças boas e até algumas ruins. Muitas experiências e oportunidades que tive e aproveitei. 
O lugar onde conheci o Ahmed e lugares onde fiz muitos amigos. Foi um momento de nostalgia. Nem parece que só fazem 4 meses que saí de lá.
Foi ótimo poder ser uma companhia numa viagem tão rápida, mas ao mesmo tempo tão importante para nós duas.

Um comentário:

  1. Amiga linda, eu não tenho palavras para agradecer esse dia. Sei q preparou tudo com muito carinho. Não sabia quantos sentimentos vc teve durante essa viagem e confesso q fiquei surpresa qdo li aqui.Eu amo vc muito e agradeço a Deus o dia q a Angela me ligou. Ela me deu um presente valioso que é vc. Beijos.

    ResponderExcluir

Fala comigo!!!